Skip to content
30 de maio de 2011 / rafaelti

O que é Bootstrapping?

O Rafael Lima, um empreendedor que eu sigo no Twitter explicou muito bem o que é Bootstrapping segue na integra.

O que é Bootstrapping?

Existem várias definições para Bootstrapping, como você pode conferir na Wikipedia, mas eu vou falar aqui somente sobre a definição relacionada à empresas.

A palavra em português significa “alça de botas” e o significado veio de uma metáfora que dizia “puxar-se para cima com suas próprias alças de botas” como sendo algo impossível.

A partir da novela Ulysses em 1922, o termo Bootstrapping começou a ser utilizado com outros significados e se cunhou como uma metáfora para “processos auto-sustentáveis que funcionam sem ajuda externa”.

No que diz respeito à empresas e negócios, podemos dizer que:

Bootstrapping é o ato de iniciar uma empresa sem investimento externo, ou seja, usando os seus próprios recursos e preferencialmente pouco dinheiro.

Essa é a melhor definição que eu consegui chegar. Em alguns lugares, você vai ler que Bootstrapping é também o ato de iniciar uma empresa com pouco investimento externo, neste caso, trata-se de empréstimos de familiares e amigos ou até mesmo de banco, mas nunca de  investidores.

O que isso quer dizer?

Significa que o empreendedor que inicia um novo negócio realizando Bootstrapping, não busca investimento externo no momento da criação da empresa e viabiliza tudo com seus próprios recursos (tempo e dinheiro). Além disso o termo está relacionado ao fato de gastar pouco dinheiro. Um empreendedor rico que investe deliberadamente milhões de reais para iniciar o seu negócio, não está realizando Bootstrapping.

Como é possível empreender com pouco dinheiro?

Existem basicamente duas maneiras. São elas:

Jornada Dupla – Nesta modalidade o empreendedor se mantém empregado em outra empresa. Financia o seu próprio negócio com parte do seu salário e dedica às noites e os finais de semana para trabalhar no seu negócio.

Reserva Financeira – Nesta modalidade o empreendedor cria uma reserva financeira, em geral guardando dinheiro do seu salário. Quando sua reserva atinge um valor que considera seguro para iniciar seu negócio, ele pede demissão e investe todo o seu tempo e o dinheiro da reserva para iniciar sua empresa.

Por que empreendedores escolhem fazer isso?

A resposta é simples: Liberdade.

Normalmente ao aceitar capital externo, o empreendedor ganha um sócio que invariavelmente fica sob algum controle e não permite que ele empreenda da maneira que acha de que deve ser feito.

Fazendo Bootstrapping, o empreendedor tem a liberdade para desenvolver a empresa como quiser e fica livre para aplicar sua própria visão, tentar de diversas maneiras e por fim realizar o seu sonho, até que ele não seja tão rentável do ponto de vista de um investidor.

Conclusão

Não é à toa que a origem da palavra veio de um significado de algo impossível. No primeiro momento realmente parece que é muito difícil conseguir montar uma empresa de sucesso desta maneira, mas diversas empresas são criadas assim e muitos empreendedores nem sabem que estão realizando Bootstrapping.

Eu venho fazendo isso há alguns anos e estou compartilhando as lições aprendidas no Workshop Bootstrappers. Se você deseja aprender mais sobre Bootstrapping, acompanhe este blog ou siga-me no Twitter.

Abraço e até a próxima.

Leia mais: http://rafael.adm.br/#ixzz1Nr4z8he1

Anúncios

One Comment

Deixe um comentário
  1. sebastian / maio 31 2011 17:20

    Ae booststrapper ;P

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: